quinta-feira, 3 de dezembro de 2009

O CARA DA PORTA DAS ECOLAS



O Cara da porta das escolas - Pedofilia Não!!



Vem cá que vou te dar um Banho de loja!


Este é um dos argumentos de pedófilos que cercam jovens meninas!


Aparece o cara de carrão, óculos escuros fazendo gênero, sai em busca de suas presas


O cara não se intimida com nada, aborda mesmo.


E muitas delas se encantam com a lábia doentia, com as promessas de vida melhor e se perdem no presente pelos presentes.


O cara não tá nem aí, é um pedófilo e abusa sexualmente de menores


Mas o cara não age sozinho, ele tem a cumplicidade do silêncio e da omissão de seus vizinhos,amigos, amigas,muitas vezes de pessoas de sua própria família e da população que só observa.


Acontece nas grandes cidades e acontece demais nas pequenas cidades.


Preste atenção no cara que está ao seu lado. Observe-o bem.


Pergunte aos seus conhecidos como é a atitude do seu cara


Insista nas perguntas, seja constante


Você poderá ter respostas nada agradáveis.


Poderá saber que famílias advertem suas filhas para se afastarem do cara


Poderá saber com detalhes por algumas das meninas como era feita a abordagem


Poderá saber que o cara, era conhecido como o Cara das Portas das escolas


Poderá saber de abusos cometidos escondidos pelo silêncio familiar


Poderá saber que prometia casamento para as jovens e as mantinha como amantes por anos.


O cara não tá nem aí, ele consegue o silêncio de um, de outra e assim vai na sua caça nefasta protegido pelo escudo silencioso.


Preste atenção no cara que está ao seu lado. Observe-o bem.


Observe como se aproxima de crianças e jovens meninas


Observe como ele as toca, como as coloca no colo, como as olha.


Observe a reação delas, se é de medo ou de satisfação


Observe a reação dele, observe seus olhos.


Preste atenção Mulher no cara que está ao seu lado. Observe-o bem.


Você pode ter ao seu lado um pedófilo


Você pode estar dormindo com homem que abusa de menores


Preste atenção


.


Texto de Ana Maria Bruni

Nenhum comentário:

Postar um comentário