Juíza maranhense participa de encontro de tomada de depoimento de crianças

Extraído de: Tribunal de Justiça do Estado
do Maranhão
- 19 de Maio de 2011

 A juíza Karla Jeanne Matos, da 2ª Vara da Comarca de Coelho Neto, participou
do I Encontro Nacional de Experiências de Tomada de Depoimento Especial de
Crianças e Adolescentes no Judiciário Brasileiro, realizado de quarta-feira a
sexta-feira-feira (18-20), em Brasília.

A solenidade de abertura contou com a presença do presidente do Conselho
Nacional de Justiça, ministro Cezar Peluso, e da rainha Silvia da Suécia,
fundadora da organização não governamental Childhood.

A magistrada foi a primeira a implantar, no Maranhão, a sala especial para
tomada de depoimentos, junto à Vara da Infância e da Juventude, da comarca de
Coelho Neto, conforme recomendação do Conselho Nacional de Justiça. Segundo a
juíza, a intenção da presidência do TJMA é estender esse projeto para outras
comarcas.

O projeto é baseado na experiência da Justiça do Rio Grande do Sul, onde foi
implementado, de forma pioneira, em 2003. O Maranhão foi o segundo Estado a
implantar esse serviço. Ao todo, existem apenas 41 salas especiais para
depoimentos em todo o Brasil.

DEPOIMENTO - No momento de serem ouvidos, meninos e meninas são levados para
espaços especialmente adaptados e humanizados, onde o depoimento é feito
utilizando recursos técnicos de vídeo e áudio, e na presença de um assistente
social ou psicólogo.

De acordo com informações do CNJ, pelo menos 15 estados brasileiros
desenvolvem métodos especiais para colher depoimento de crianças e adolescentes
vítimas de violência sexual, de forma a impedir que estas revivam o trauma
sofrido. O dado consta em pesquisa inédita, que será divulgada durante o evento
que prossegue até esta sexta-feira (20/05).

Comentários

Postagens mais visitadas deste blog

Direitos e Deveres das Crianças e Adolescentes

Forum da Mesorregião Metropolitana de Belo Horizonte de Conselheiros e ex Conselheiros Tutelares

Conselheiros com Mandato de 4 anos e direitos trabalhistas É LEI !